Governo do Maranhão se reúne com empresários do agronegócio do Sul do estado

10/06/2022

O secretário de Estado de Indústria e Comércio (Seinc), Cassiano Pereira Júnior, acompanhou o governador do Maranhão em exercício, Paulo Velten, em extensa agenda institucional em Balsas na última quinta-feira, 9. Na oportunidade, eles estiveram reunidos com empresários de soja e produtores rurais da região.

A agenda incluiu visitação às instalações da Agro Serra, importante agroindústria de etanol do Sul maranhense. Para o secretário Cassiano, visitas e diálogo com a iniciativa privada geram conhecimento e possibilitam a resolução de dificuldades, a partir do apoio do Governo do Estado. “É muito importante ressaltar que a partir do momento em que o governo interage com a iniciativa privada, faz uma visita e conhece uma empresa no âmago do que acontece, a gente consegue ver a estrutura e entender as suas dificuldades. Com isso, é possível mostrar que o Governo do Estado está junto e empenhado em promover o desenvolvimento”, ressaltou o secretário.

O governador interino Paulo Velten destacou a importância do Estado apostar no segmento como forma de alavancar a economia e, consequentemente, o social. “O governo traz incentivos fiscais importantes para o desenvolvimento dessa atividade e, portanto, nós temos que continuar apostando no desenvolvimento do nosso estado, apostando na nossa capacidade operativa. Nós temos condições de fazer muito mais, o desenvolvimento econômico é, também, uma matriz importante para o social”, afirmou o governador interino.

A diretora da Agro Serra, Cíntia Ticianeli, destaca a sensibilidade do Governo do Estado quanto à aproximação e escuta da categoria, que é um motor desenvolvimentista do Sul maranhense. “Nós somos a bola da vez do Matopiba, a região apresenta números muito grandes de crescimento, trazendo desenvolvimento, geração de renda e progresso para o estado. É muito grande a oportunidade por essa feliz coincidência, o governador esteve muito aberto a ouvir todas as dificuldades e obstáculos que ainda dificultam para que essa pujança seja mais forte”, destacou Ticianeli.