Maranhão cria 3.395 vagas em abril, aponta Caged; variação relativa é a 2ª maior do Nordeste

6/06/2022

De acordo com dados divulgados no Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) nesta segunda-feira (6), pelo Ministério do Trabalho e Previdência, o Maranhão criou 3.395 novos postos de trabalho no mês de abril de 2022.

Segundo o levantamento, o Maranhão contou com a segunda maior variação relativa do mês de abril no Nordeste, com 0,64% - a frente de Estados como Sergipe (0,59), Paraíba (0,56) e Ceará (0,44) e atrás apenas da Bahia (0,84).

No total, mais de 20 mil pessoas foram admitidas somente em abril. Os dados apontam, ainda, que os setores de Serviços, Comércio, Indústria e Construção também se destacaram nacionalmente no mesmo mês.

Para o secretário de Estado de Indústria e Comércio (Seinc), Cassiano Pereira de Junior, o crescimento é resultado das ações estratégicas executadas pelo Governo do Maranhão para criar oportunidades a todos os maranhenses.

“O nosso destaque positivo em abril é fruto da gestão competente do governador Carlos Brandão, que não tem medido esforços para que o Governo do Estado siga buscando formas de dar oportunidades à população e, também, de estimular o desenvolvimento do Maranhão”, pontuou o secretário.

Brasil

Ainda de acordo com o Novo Caged, o Brasil gerou 197 mil empregos com carteira assinada em abril de 2022. Dados apontam que houve aceleração no ritmo de contratações frente ao mês de março.

Somente na região Nordeste, foram 29.813 novas vagas - o segundo maior registro, atrás apenas da região Sudeste, com 101.279 postos de trabalho.